terça-feira, 22 de abril de 2008

Cheguei da escola... Tou comendo uma travessa (eiita vocabulário da minha vó!) enorrrme de batata frita, só pq a minha mãe se recusou a fazer janta pra mim... Alright! Não quer fazer nada saudável, eu intupirei minhas artérias com óleo vegetal! E provavelmente morrerei de infarto aos 26, 27 anos. Minha TPM... e o P de PÓS, não de PRÉ, está especialmente acentuada hoje... Claro, nada que uma conversinha com a Kah não resolva... Precisava falar sem ser interrompida, só ser escutada estava de bom tamanho... Pq as vezes as pessoas insistem em opinar sobre tudo... isso é simpático, mas quer saber? Grande parte das vezes não é exatamente necessário aconselhar... Ouça-me e já está excelente! A Kah sabe diisso e eu sou grata por coisas assim. Tou sem sono, Jo acabou de terminar, e amanhã tenho aula (EU ACHO)Oõ
Oh, céus! Preciso conversar com a Si... Tempos que estou adiando isso...
A Si... Meu mulequinho de 20 anos... Minha garota de coração puro... Preciso dela. Preciso que ela saiba o qto tem sido fundamental.
E o Paulo? Que NEVERMORE apareceu na ETE? Humpf! Se aquele cara me trancar a matrícula, juro por Deus que entro em depressão profunda. Coooomo assim, meu Paulety!?
Enfim!
O Rú não foi hj e Deus sabe qta falta aquela praga faz... Mesmo qdo ele enche o saco, (e ele enche muito o saco) consegue me fazer querer que ele esteja perto.
Meu pai tá revoltado comigo e eu nem ao menos sei porque. Não que eu me preocupe seriamente pq... ele tem suas fases estranhas, improváveis... então.. é só esperar passar.
Levei muitas patadas hj... Vindas das mais inacreditáveis pessoas, que -antes que perguntem- machucaram sim... Eu seria incapaz de responder como eu deveria e queria, eu seria incapaz de ser mal-educada (obrigada, mãe).
...
E ao assunto que me faz viajar e brisar o dia todo... ELE.
... Estranho como consegue se manter imparcial, estranho como consegue ficar tanto tempo sem dizer nada, estranho ser tão inteligente e tão culto, e ter barba... Estranho ter "frutos da própria carne"... 3!!! Estranho saber onde colocar as mãos, estranho me conhecer como se tivesse o manual de instruções... Estranho o modo como consegue me manter no ar, na dele, na dele... Estranho como é capaz de prender, mesmo qdo pensa em soltar... E não tem outra palavra, é estranho...

Boa noite! ;-)

Nenhum comentário: