quinta-feira, 10 de julho de 2008

Quarta-Feira de Cinzas ¬¬

Tá, eu sei que já passou da meia noite mas eu tenho que contar meu feriado! E preciso contar antes que as minhas pernas parem de doer e a minha memória esqueça de detalhes pequenos que me fizeram tão bem essa noite.
Começa que hoje foi aniversário do Skky, melhor amigo do Pedro (meu namorado). Foi um churrasco numa chácara ai da vida! Sabe, bebidas o dia todo, sabe-se lá Deus o que tinha pra comer, um onte de gente desconhecida porque foi festa aberta, tudo aquilo que eu não gosto! Pra falar a verdade detesto ambientes em que não conheço muito as pessoas, ou então que o nivel de intimidade seja tão baixo assim. Não me agrada! Não me sinto à vontade, não sei! Sei que ele passou um mês tentando me convencer, de todas as maneiras possíveis, em ir ao bendito churrasco com ele, e eu, é claro, firme na minha decisão. Nuuuunca que eu iria! Nem por namorado, nem por quem quer que fosse! Eu ia passar o feriado em casa, fazendo nada, assistindo televisão, sem sofrer nem um pouco com o fato de que ele estaria bebendo litros e mais litros de qualquer coisa com o teor de álcool absurdamente elevado! Engano meu.
Era uma e alguma coisa da tarde quando o Rudson passou aqui me chamando pra ir à casa da Paula (que mora longe!) fazer uma visitinha assim.. como quem não quer nada. Believe: eu não pensei nem duas vezes antes de responder sim! E fomos nós felizes e contentes pela Madame Curie o resto da vida! Andei, andei, andeiiiii forever naquela rua até chegar a casa da Paulinha que mora ali.. do lado da Dutra! O caminho foi até fácil na ida.. sabe né, conversando, brincando, rindo e isso e aquilo; cheguei cansada, porém viva! Quando eu acreditei que tinha acabado, Paula resolve ir a casa da Amanda e o pior de tudo: EU CONCORDEI. Assim de bom humor e tudo mais! Não que ir a casa da Manda seja um tormento. Nunca! Mas venhamos e convenhamos, eu teria de atravessar a cidade, e depois teria de voltar pra casa! Enfim, como nos feriados nossa mente fica em choque pelas porcarias que passam na TV, eu fiquei lá deitada à sombra, tomando litros d'água e AS (aqueles comprimidinhos pra gripe que criança toma) enquanto ela colocava um tênis pra longa jornada. Ahh a vida daí pra frente foi só andar! Andei, andei, andei pra sempre na 7 de Setembro até a casa da Amanda, que por sinal, é quase do lado de onde estava sendo o churrasco. Então imagina só a minha situação: o povo tenta de todas as maneiras, sem sucesso, me convencer em ir ao bendito aniversário, mas o Rudson aparece em casa e eu saio de livre e espontânea vontade e me desloco até à casa da Amanda que é ali do lado...
Enfim chegamos lá e foi A DIFICULDADE tirar a Amanda de casa! Tá que o cabelo dela estava sujo, o meu também estava, o do Ruh também.. a Paula só estava sem escova.. nada que afetasse a vida daquele cabelo liso dela! Depois de meia hora suada, ENFIM fomos nós! Pra onde? Pra casa da Paula de novo! Meu DEUSSSSSS!!!!! Minhas pernas estavam sofrendo já quando entramos na 7 de setembro mais uma vez e andamos mais uma eternidade. Casa da Paula, um pacote de bolacha detonado em minutos, fotos no parquinho, risadas³²¹²³¹²³¹²³²¹³²³¹²³¹³²³¹²³²¹²³²¹ !!! Mas quem disse que acabou??? A srta. Amanda resolve comer algo na cidade, claro que eu , uma menina ocupada, tinha compromisso. Então eles que me esperassem! Depois de andar de novo a Madame Curie INTEIRA, cheguei em casa e descobri que não ia ter que sair com o povo da crisma, ou seja, 5 minutos de pausa e depois vamos nós de novo andar! Opa, Serve Quente! Comemos um Pastel ENORME, que matou toda a minha fome! E tinha mais!!! Depois de sair dali, Manda e eu (burro vem na frente =P) tomamos 400ml de Açaí com Leite condensado e Morangos, e Ruh tomou sorvete! Claro que a Amanda tinha que deixar a marquinha dela... ela perdeu o dinheiro ¬¬. Ficamos Ruh e eu, ali, sentados, olhando a vida, comentando das pessoas, esperando ela ir buscar dim dim, porque nossa pobreza não nos permite abrir a carteira (qual?) e ajudar na conta! Passou todo mundo que não poderia passar ali! E é claro que o povo ADORA comentar sobre a vida alheia, eu também gosto, dessa vez eu fui comentada!
Depois de chocolates, açaís, sorvetes, pastéis e fantas, fomos levar a Amanda na casa dela! Tadinha da minha perna... andava sozinha já... nem sentia mais nada! No caminho da casa da Manda eu quase morri de tanto rir... Levando-se em conta os caras que passavam invejando o lugar do Ruh entre uma Ruiva e uma Morena, e os comentários básicos que chocavam... (abafa!) Ruh foi fazer PLOFT! na parede, não calculou a distância nem a força e foi com mais impacto do que pretendia, resumindo: deu uma trombada na parede que deixou ele mancando e reclamando de dor. Eu ajoelhei pra rir, achei que fosse ter um filho ali! Depois estavamos comentando sobre o feriado, sabe, perguntando feriado do que era; e a santa inteligência ligou os fatos mais rápido que o cérebro podia aguentar. Claro, hoje é feriado? Quarta feira? AHHH QUARTA DE CINZAS!!!! Oo, Pai, perdoai!
Levamos a Amanda até a casa dela, e depois ficamos no portão... conversando sobre o futuro que assusta tanto...E eu notei que não vou ter 17 anos pra vida toda. É realmente preocupante! Foi meia hora pra falar sério sobre o que tá tão perto e a gente queria que estivesse um pouco mais distante... Sei lá. Sei que depois quase morremos, Ruh e eu, na volta pra casa de tanto frio! Nada que nos impeça de descer o morro do quartel correndo e quase chegar lá em baixo rolando! 11 em ponto na porta de casa! Conversas perdidas pelos minutos que meu pai me cedeu antes de , com a maior grosseria, me mandar entrar. E mais coisas de infância... e mais histórias antigas... e mais um tempo com essas pessoas...
Adoraria mais feriados assim...
Porque embora eu não sinta as minhas pernas... Foi bom rir até a barriga doer, ou andar até as pernas cansarem, ou comer até parecer uma grávida!

Obrigada Amanda, Paula e Rudson... =P
Vou ficar esperando por outras "quartas-feira de cinzas" pra poder esquecer do mundo, e poder rir das coisas boas da vida...
Boa noite!







PS: EU CONSEGUI MUDAR A HORA DO BLOGGER!!!!!

Um comentário:

DaNNy. disse...

reticências, uma londa pausa e por fim, mais uma reticências.