sexta-feira, 14 de novembro de 2008

TPM;

Quanto tempo? Nem sei! Tô terminando o livro já. Deve ser algo de que eu deva me orgulhar.. talvez. Eu? Tô bem! Tô ótemA!! De uns meses pra cá, meu quadril e coxas dilataram num volume consideravel para que eu passasse a chamar a atenção na rua. Meu ciume teve um avanço realmente preocupante ao ponto que eu simplismente passei a odiar qualquer coisa relacionada ao vôlei. Vai viajar, vá! Me esquece então! Mande tudo à merda e ve se adianta essa despedida que vem sendo empurrada por palavras carinhosas que me fazem crer que de repente algo pode salvar toda essa situação. E na verdade tudo o que eu quero é ir não é? Porque, afinal, ele é só mais um. E o resto? Não existe resto! Mesmo porque esse "resto" é o que realmente importa! É o motivo pelo qual eu vou chorar todas as noites, e implorar para que exista uma coisa chamada destino e que eles estejam no meu! Eu voltei a ouvir as músicas depressivas que me trazem o passado de volta e me fazem ajoelhar e perguntar desesperadamente por que diabos foi acontecer justo comigo!


"Eu poderia ficar acordado só para ouvir você respirar
Ver o seu rosto sorrindo enquanto você dorme.."
(Eu fiz isso vaaaaaarias vezes!)



Ai que OH! A cabeça tá rodando, o fim do ano tá chegando, eu to me complicando!
Eu só peço que as coisas estejam no lugar certo...



Uma confissão:
(Quando eu fecho os olhos, ainda é você que eu vejo.)
shiu.
Boa noite

Nenhum comentário: