domingo, 30 de agosto de 2009

Assim pude trazer você de volta pra mim.

"Será que eu sei que você é mesmo tudo aquilo que me faltava?"

De volta àquela sensação de que nada vai ser perfeito o bastante pra me deixar tranqüila. Mas só assim me é possível continuar. Irrelevâncias que me levam ao que de tão puro, nunca se soube assim. Desculpe se ainda sou só eu.

Nenhum comentário: