quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Explicacões


Passando por aqui só pra explicar porque ando tão ausente do blog.

A coisa tá feia por meu lado, tenho um trabalho de economia pra terminar sobre a crise financeira mundial, mais precisamente sobre o impacto internacional dela. Tem um "querido" no meu grupo que adora botar defeito, mas fez a parte dele que nem a bunda dele (desculpem-me a expressão) e como eu já terminei minha parte agora teho que arrumar a dele. Ele "tinha" que falar sobre o impacto da crise em Serra Leoa (ele que escolheu o país) e ele me manda umas 10 páginas sobre a história do país, o hino do país e mais uma porrada de coisas inúteis!!

Além do trabalho já ser complicado, ontem a professora parou pra perguntar se o nosso trabalho não assustaria ela (porque o primeiro grupo que apresentou foi bem ruinzinho)... e pra piorar depois eu descubro que adivinha qual é o grupo que ela tem grandes expectativas?? É, o meu mesmo!! Nessa hora tenho que concordar com meu amigo: "Quem mandou ser CDF?"

Além disso semana que vem tenho prova de Estatística sobre fdp (isso não é o que você está pensando, isso significa Funcão Densidade de Probabilidade) e uma prova de Análise e Desenvolvimento de Sistemas que segundo fontes é pura decoreba!

Fora isso eu ainda ando tendo problemas com meu note novinho!!! Então imaginam como estou estressada.

Meu niver foi semana passada e nem tive tempo de me dar os parabéns aqui no blog!! hsiuahsu
Fiz 20 aninhos e tem um povo me chamando de idosa!! Revoltante isso!! :P

bem... chega, tenho que voltar as minhas pesquisas!!!
beijos e se cuidem! ^^

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Acredita em sinais?

Eu ouvi isso de primeira musica do diaa:

Pra começar
Dizer que o amor chegou ao fim
Esqueça de me perguntar
Se ainda há amor em mim

Pra te enganar
escondo num sorriso a dor
Que sinto ao te ver passar
Na rua com seu novo amor

Se eu te encontrar
Não me pergunte como eu tô
Não saberia te explicar
Pra mim ainda não terminou


Depois ouvi de novo quando cheguei na looja... sentindo o peito meio apertado. Depois eu vi lá. Ela na foto no lugar que é meu. Ou era.
E quando eu for, se os olhos não brilharem e se ele naõ me abraçar como se fosse a unica coisa que ele quisesse fazer na vida, então eu vou descobrir que tá na hora de juntar as lembranças, guardar num potinho, trancar no armário e começar do zero.



Ha, como se fosse fácil.
¬¬

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Vem nadar na minha cozinha?


Quer vir? Traz bóia, biquini e patinhos de borracha! Aqui é lindo, agora nem preciso ir na janela pra ver a chuva ^^ ! Eu vou e pra cama, antes que a casa fique cheia d'água e eu naõ possa dormir em paz humpf.
Prefiro uma boa noite de sono..
;**

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Hoje vai ser uma feeesta!


Bolo, guaraná, muitos doces pra você! lalalala!

Nem posso deixar de passar aqui pra deixar o meu Feliz aniversário à guria mais inteligente e articulada do blog! A que sempre ajuda de alguma forma. A que está presente em todas as ocasiões.. a que lembra de todos os carinhas que eu comento!!! asuhduhasd


Feliz aniversário pra MINHA mais que amiga!
Você é especial, ESSENCIAL na minha vida, e é desse modo bem egoísta que eu te desejo muitos e muitos anos de vida. /ee
Tamo ae pra tudo gaata!



E eu nem falo sempre mas que fique bem claro

EU AMO VOCÊ!
sua idosa!
;*

domingo, 19 de setembro de 2010

A Pequenina

Na quarta-feira não tivemos aula porque o "querido" professor que nos daria as quatro aulas faltou e como ele não avisou fomos todos pra facul. ¬¬

Devo dizer que apesar dos pesares foi divertido e a partir das histórias de bêbado contadas nesse dia escrevi essa historinha:

"Era uma vez em uma cidadezinha de interior um Garoto, que era simpático e quando bebia se transformava no homem mais poderoso do mundo, ou pelo menos assim achava.

Certo dia ele e seus "super" amigos decidiram ir a uma festa com a única intenção de se divertir, leia-se beber ou até mesmo enxer a cara. Chegando lá, começaram logo a se embriagar, de início isso estava de bom tamanho, chegaram até mesmo a dispensar algumas garotas que interessaram-se por eles.

Tudo seguia bem até que eles avistaram a rodinha das super mulheres, não, elas não tinham super poderes, mas com certeza tinham a super beleza. Intrigados com o fato de nenhum rapaz se aproximar das garotas, decidiram que eles, os super-homens, tinham que "distribuir simpatia" entre elas.

Decisão tomada, lá se foram eles eles rumo a rodinha das super-mulheres, chegando lá o Garoto - líder dos super-homens - seguiu decidido a atravessar a rodinha. Quando realmente alcançou o centro desta, algo estava errado e ele tropeçou.

Ao olhar para trás, ou melhor, para baixo constatou em que tropeçara, infelizmente não em tempo suficiente para alertar seus companheiros, um já havia tropeçado também e um outro estava neste momento a pisando.

Neste momento deve estar se perguntando em que/quem ele tropeçara e agora seu amigo pisoteava. Simples, ele tropeçou na Pequenina, a anã a qual nossas super mulheres protegiam mantendo-a no centro da roda. Com isso os super-homens sairam correndo totalmente hostilizados pelas nossas super-mulheres!!

Moral da hisória: Quer pagar de gostosão? Olhe para baixo e certifique-se de que a Pequenina não esteja lá para estragar seus planos! ;D "


Agora, mandando a real, tinha que tar muito bêbado pra não enxergar alguém noc entro da roda!!!

A imagem da minha versão da Pequenina foi feita num site de caricaturas do South Park. Entra lá e faça sua caricaura tbm!! ^^

sábado, 18 de setembro de 2010

Aquele momento lá.

TPM me destroi mas eu já contei isso aqui. TO ouvindo umas musicas que me confundem e me trazem mais de uma pessoa a mente. Tô aqui com o peito aberto na frente do pc limpando o sangue que tá escorrendo enquanto eu dou risada do carinha novo que apareceu no msn da Rafa. To pensando no futuro de um modo ridiculo e tentando enfiar na minha cabeça que tudo tem começo e fim. O começo eu entendo, o fim não. Não entendo, não aceito e nem considero. Burrice da minha parte: fato! Mas sou cabeça dura. Quando não entendo, não entendo e ponto. E quando amo sou extremista, e burra. Esse lado extremista que me bota aqui na frente do blogger quase destruindo o teclado com a fúria e o desespero passado às palavras. Quem vai entender essas coisas? Quem é que vai ter coragem de me falar que é bobeira e que logo passa? Mentirosos do caramba, daqueles que diziam 'é só uma picadinha'. To desacreditada das coisas simples e tranquilas, ha tempos que eu não sei a definição nem a sensação de paz. To estudando, trabalhando, me matando pra manter a mente ocupada ai eu boto a cabeça no travesseiro e pronto! Olha o mundo caindo e dizendo que o tempo tá me tirando tudo o que eu tinha de bom. Eu sei que é pecado falar assim, que eu tenho que olhar as coisas boas que eu tenho perto de mim, mas eu vou fazer o que se oq ue eu quero tá lá e não aqui? Hoje eu já quis gritar, chorar, parar com tudo e descer do mundo. Não pude. Ai arrumei um outro amor pra eu sonhar acordada e reinventar minha história. E agora? Eu vi promessas não cumpridas, vi más intenções com quem tinha coração puro. Fui do céu ao inferno em tão pouco tempo que nem respirei direito! Agora eu vou tentar botar o pé no chão e costurar o peito e 'ir pra onde haja sol'. Preciso acreditar que até as uvas passam, por masi ridiculo que pareça... Mas to sentindo que a noite hoje vai ser longa...


dói no peito e a saudade faz chorar.

sábado, 11 de setembro de 2010

Fizeram a gente acreditar...


que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade. Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta. A gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia, é só mais agradável. Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são caretas, que os que transam muito não são confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto. Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto... Ah, também não contaram que ninguém vai contar isso tudo pra gente. Cada um vai ter que descobrir sozinho. E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém.


John Lennon

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Cúmulo da boa visão!

Encontrar a tarracha branca transparente do brinco às 4 da manhã no meio da cama SÓ COM A LUZ DO CELULAR!

Eu sou phoda!
usdhaushduahsd

quinta-feira, 2 de setembro de 2010



E eu já te amava, antes mesmo de te conhecer...

Post de Segunda-Feira



Gosto de caminhar devagar enquanto sinto as palavras me ganharem e vejo o ir e vir apressado da multidão que agradece, ou não, por mais um dia na labuta.
As segundas feiras são um cansaço sem fim, mas ainda sim há o que se tirar após acordas às 3:40am e botar os pés no chão.
Meu humor tá bem tranquilo pra quem acordou tão cedo. Não sei se são as palavras da Vida Inventada de Maitê Proença que inspiraram meus primeiros minutos da manhã, ou essa sensação que me consome de que algo realmente bom está para acontecer. Vai ver ká está acontecendo... só essa minha ânsia de botar os dias em palavras ká me parece um bom sinal, depois do tempo , que se disfarçou de eternidade, que estive ausente.
Houve uma viagem, um show, vários gritos, algumas lágrimas, muita saudade, houve amor e um pouco mais de amor, abraços intermináveis, risadas sinceras, batatas com queijo, crianças, carinho, olhos doces com formato de nozes, pinta no nariz mais delicado do mundo!
Alguns filmes, mais abraços, beijos censurados e um beijo no olho que eu poderia afirmar que foi o melhor e mais completo em seis meses de reclusão sentimental. Em meio as palavras do tal futuro bom, adormeci sentindo a alma livre e o corpo renovado. Adormeci sentindo aquele cheiro que eu tanto gosto, e pela primeira vez senti como se eu pertencesse àquele cheiro a vida toda.
De volta a realidade dos meus dias raramente cruéis, eu poderia citar dona Maria Geralda e o modo incrível como ela ve a vida com seus 56 anos de idade e seu tumor cerebral. Ou o seu Mendes dono de uma simpatia infinita e capaz de fazer você sentir o gosto dos doces que ele diz fazer só com a riqueza de detalhes que compõem suas descrições!
Eu citaria o sotaque gaúcho que fez com que eu me derretesse por telefone ou o guri que vende Guaravita no trem, e disse com anta intensidade que eu era 'muito linda' fazendo brotar na minha face que não enrubesce, um sorriso espontâneo e sem jeito.
São tantos rostos, historias, sorrisos e olhares que eu levaria horas relatando e me sentiria injusta com os que minha memória humanamente incapaz, esqueceu.
O jeito é voltar pra minha segunda-feira-fim-de-mês e pra vida inventada da Maitê enquando uma tal de Ruth não adentra a L515 com o intuito de colocar em nossas mentes um tanto de Comportamento Organizacional.
Boa semana pra quem lê e pra quem não lê. E caso ajude alguém: acordar e sorrir pra vida, agradecer por mais um dia e encarar as coisas com bons olhos facilitam os dias e da gosto aos novos planos! ;)



"Depois de tanto caminhar
Depois de quase desistir
Os mesmos pés cansados voltam pra você.
Sem medo de te pertencer.
Voltam pra você."


(8)