sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Tem coisas que o dinheiro não compra.

Não sei nem por onde começar! Descrever as emoções que esses bruxos ainda causam em mim pareceria tolo; mas é incrível! Quando apareceu o simbolo da Warner na telona arrepiei toda, passou aquele flashback sabe? De quando eu peguei pra ler o primeiro livro (Oswaldo me emprestou na 7ª série), dos comentários, das brincadeiras... ai o filme começou *-* ! Ri com as bobeiras do Rony, chorei (denovo) com as cenas peculiares, senti meu coração acelerado como naqueles dias de escola. Vi aquele trio inseparável e lembrei do meu quarteto inseparável que a distância separou. E a cada imagem que me colava na cadeira de tensão e me sentia mais e mais proxima daquele passado que nem é tão distante, mas que faz uma falta imensa. Com meu presente do meu lado tirei fotos, ouvi ela mandar o cinema calar a boca, se esconder das aranhas e acredite se quiser  CONJURAR UM PATRONO ( ou tentar) PRA AJUDAR O HARRY! Esse foi o ápice da minha noite! Ver a Rafaela com o braço esticado, num movimento à la Hermione, desesperada porque o bruxo não se protegia logo NÃO TEVE PREÇO!
Não comi, não dei voltinha, fui assediada por umas crianças, e tava horrorivel! Mas sem dúvida valeu muiiiiiiiito a pena! Valeu, mesmo que o filme tenha acabado na melhor parte, mesmo que a maioria dos detalhes ainda seja polpada. Foi o melhor filme da série, agora é esperar uns duzentos e tantos dias pra ver a continuação, e o tão temido, porem tão esperado final. Vou até ler de novo meu livro *-*.

Depois de tudo? Mandei mensagem pro Ruh é claro! Só ele entende o que a gente sente nessas horas /ee
E minha ansiedade era 90% o filme! Agora restaram só 10% pro fim de semana, eu sabia que não era mais tudo aquilo..

Boa noite galere!
Beijo beijo
Cuidem-se


nox.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Dicas para uma excursão sem problemas

Fim de semana fui em uma excursão realizado pelo meu tio. Destino: Prainha - Angra dos Reis.

Tinha tudo pra ser um passeio perfeito, mais que perfeito na verdade. Maaas o passeio não foi tão perfeito assim não! Começando com o fato de que acordar as 1:30 ninguém merece, depois no ônibus um pequeno incidente: uma garrafa térmica que estava guardada no bagageiro acima de nossas cabeças caiu em cima do tiozinho que estava sentado na frente e adivinha? Cortou a cabeça dele!! Ficamos uma meia hora parados em frente a um restaurante na beira da estrada esperando fazerem o curativo. Depois dessa seguimos em frente e depois de umas 3 horas e meia de viagem chegamos ao nosso destino. Tudo lindo maravilhoso, todos descendo do onibus de roupa de frio, é, esquci de comentar que choveu a semana toda. A praia não estava lá tão bem frequentada (leia-se não tinha muito homem bonito!! :P).

As horas foram passando e pra minha alegria o tempo foi esquentando e o sol foi aparecendoeu timidamente e eu consegui diminuir a quantidade de roupas! Meu tio derrubou minha irma e ela caiu de joelhos em cima do meu calcanhar! Quase esganei meu tio porque está dolorido até agora ¬¬'.

Até esse ponto nada de tomar coragem pra entrar no mar!!! hsiuashusah... Conseguimos uma bola de volei e depois de um voleizinho até dei uns mergulhos! ^^
O dia foi passando com algumas palhacadas do meu tio (gravadas) e uns tombos meus e da minha irmã no volei (não gravados, graças a Deus)!!
17:00 horas, hora de ir embora, mas não podia ser tranquila, primeiramente o ônibus não conseguia sair com a quantidade de onibus que estavam na nossa frente, umas conversas, buzinadas e gritos e conseguimos sair. Quem pensa que ai acabaram todos os nossos problemas muito sem engana. Chegamos no posto policial e a polícia nos para e adivinha só! O motorista não anotou o número da placa no tacógrafo e os policiais ficaram felizes demais em ter alguém em quem descontar toda a sua frustração. Passamos uma meia hora só pra eles poderem xingar e nos atrasar, sendo que em 10 minutos eles poderiam ter passado a multa e nos liberado! Policiais cretinos!!!

Depois disso finalmente chegamos a casa do meu tio as 21:15, mas quem pensa que já chegava de viagens pra um dia muito se engana, ainda voltamos pra casa no mesmo dia. Apenas arrumamos nossas malas, carregamos os carros e pegamos a estrada de novo! Mais uma hora de viagem e finalmente chegamos em casa! Eu estava totalmente quebrada e morta de sono. Ainda estou com dores no corpo por ter passado tanto tempo viajando em ônibus e carro!

RESUMO: Nunca deixe nada pesado e que possa escorregar em um bagageiro de ônibus, tenha sempre um kit de primeiros socorros disponível, preencha o tacógrafo com a placa do veículo, viaje de avião (kkkkkkkkkkk)...

Nossa, chega de minhas aventuras, falei demais já!
Ótima semana a todos!
Beijos ^^

Maratona

Alguem escuta FM o dia ? Quem escuta deve ter ficado sabendo da Maratona que teve ontem na Praça da apoteose-RJ. Pra quem nao foi, sinto muito; pra quem foi sabe do que eu to falando. Aquilo ali estava bom demais 14 atraçoes, muita gente bonita, evento super organizado (pelo menos nao vi brigas). Infelizmente nao consegui assistir todos os shows mas os que assisti valeu a pena

Assistidos: Luan Santada, Alexandre Pires. Buchecha, Pixote, Afrosamba, Rodriguinho, Exaltasamba, Natiruts, Sorriso Maroto

Nao assistidos: Bom gosto, Molejo, Belo, Os havainos, Revelaçao



Pois bem, curti bastante o show e nao beijei ninguem. Beijar beijei, mas ja levei de casa ne ?! aah se arrependimento matasse. Proximo show vou "sozinha". CAMALEAO me aguarde 05/12 que eu to chegando

PraCarol: Exalta foi o melhor show !!

sábado, 13 de novembro de 2010

Terra a Vista ?? oO

...A sensação é parecida como se você estivesse em um barco afundando e todos tivessem um bote salva vidas menos você... Invisível e inútil, eu fico aqui procurando alguma solução pra sair desse barco, ah, e como é difícil enquanto afundo ver as pessoas na superfície abundantes de tamanha alegria proporcionada pela sorte que tiveram de estar naquele bote...


Quando tudo está perdido

Sempre existe um caminho
Quando tudo está perdido
Sempre existe uma luz...

Mas não me diga isso...

Hoje a tristeza
Não é passageira
Hoje fiquei com febre
A tarde inteira
E quando chegar a noite
Cada estrela
Parecerá uma lágrima...

Queria ser como os outros
E rir das desgraças da vida
Ou fingir estar sempre bem
Ver a leveza
Das coisas com humor...

Mas não me diga isso...

É só hoje e isso passa
Só me deixe aqui quieto
Isso passa
Amanhã é um outro dia
Não é?...

Eu nem sei porque
Me sinto assim
Vem de repente um anjo
Triste perto de mim...

E essa febre que não passa

E meu sorriso sem graça
Não me dê atençãoMas obrigado
Por pensar em mim...

Quando tudo está perdido

Eu me sinto tão sozinho

Quando tudo está perdido
Não quero mais ser
Quem eu sou...

(Renato Russo - A via láctea) 


sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Sete coisas "politicamente incorretas" que toda mulher deveria fazer antes de morrer

Nem só de atitudes nobres se vive. Que tal extravasar de vez em quando? Selecionamos sete formas de fazer isso. O resto é com você.

1. Dizer algumas verdades a um (a) chefe ruim. De críticas totalmente datadas, como “você não passa de um porco capitalista!”, a verdades inconvenientes, do tipo “não tenho culpa se você é frustrada porque construiu uma carreira medíocre”, pelo menos uma vez na vida (de preferência quando tiver arrumado um emprego melhor ou ganho na Mega-Sena), desabafe. Você vai se sentir leve como nunca e ainda vai virar mito na “futura ex-empresa”.

2. Comprar um vestido carérrimo (mesmo que não o use nunca). Muita gente que daria um dedo mindinho por um Valentino. Faça essa extravagância, pois você merece. Caso se sinta em dúvida já com o cartão de crédito na mão, lembre-se de todos os vestidos balonês horríveis que a sua mãe a obrigou a usar na infância, de todas as aparições fantásticas da Angelina Jolie no tapete vermelho e, principalmente, daquele moletom "me-do-nho" que você estava usando para ir à padaria no dia em que encontrou seu ex com a nova namorada.

3. Curtir um amor de férias. De um certo modo, férias são uma pausa da realidade. Desde que você não alimente expectativas inúteis, que mal há em ceder às investidas daquele italiano charmoso ou daquele professor de axé com um corpaço em Trancoso? Se for comprometida, só tome o cuidado para o affair não vazar para as redes sociais.

4. Mudar o cabelo de todas as formas possíveis. Por quê? Porque simplesmente ele cresce.

5. Atormentar ou se vingar de algum ex que não foi legal com você. Pense bem: enquanto estava perdendo tempo com ele, teve de abrir mão de vários caras maravilhosos e incríveis que queriam ficar com você. E hoje em dia, você deve se arrepender horrores disso, já que o romance não deu certo porque ele “pisou na bola”.

6. Dar uma cantada em alguém. Isso faz que qualquer mulher se sinta irresistível e poderosa. E dificilmente dá errado.

7. Comer sem culpa. Seja depois de levar um fora homérico, perder o emprego, comemorar uma promoção ou simplesmente ao sair para jantar em um restaurante chique com o gato dos seus sonhos, deguste tudo o que tem direito. E aqui vai uma lição para a vida toda: esse papo de contar calorias é muito bom para se exibir para as amigas, mas homem gosta é de mulher com apetite (em todos os sentidos).


Artigo retirado do site da UOL... acesse o original clicando aqui

Fanatismo por testes

Hoje cheguei a conclusão de que sou viciada. Mas viciada em testes. Não importa quão ridículos eles possam parecer, eu me atraio a fazer nem que seja única e exclusivamente para rir do resultado idiota.

Dos testes bizarros que eu andei fazendo nos último dias posso citar o “Qual cerveja você é?”. Agora vem a questão principal: pra que uma pessoa que não bebe cerveja vai querer saber que tipo de cerveja ela é? ? Eu te respondo que é pelo simples prazer de responder ao teste. Sabe, Só olhar as perguntas e achar a melhor ou menos pior, depois de escolhido é só se divertir com o resultado absurdo, no caso da cerveja eu nem sei que cerveja era aquela e nem me lembro mais.

O de hoje foi um teste mais instrutivo. É um teste sobre sua idade interior calculado a partir de uma série de informações sobre hábitos alimentares e atitudes. Até em testes assim eu sou mais velha ¬¬’. Neste teste cheguei aos 28 anos. Agora vamos a um fator que ele mandou mudar (hsuiahsaiushiuh):

Pra quem quiser saber qual sua idade interior é só clicar aqui! Ao final do teste ele te diz o que anda fazendo de certo e de errado!
Beijos e não descuidem da saúde!
;D

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Testes do facebook

É, confesso... eu que sempre reclamo de falta de tempo para postar estou perdendo muito mais tempo fazendo testes bobos no facebook! Já fiz teste de qual cidade eu deveria morar (adorei meu resultado: Barcelona), fiz também de que tipo de louca eu sou, que tipo de cerveja, qual pokemon eu seria e por ai vai, mas hoje fiz o "Você é difícil?" e olha meu resultado:

Você é difícil...até beija, mas tem que ter tudo!
Essa gosta de casa, comida e roupa lavada! Na balada sai com as amigas, paquera, mas não da muita moral. Sabe que ta bem cotada na balada, quase um artigo de luxo. Não ta saindo pra arranjar alguém, mas se o cara tem papo, é bonitão, dai já era! Mas demora, leva da experiência do rapaz de ter que aguentar seus foras e saber a hora que vai chegar.

hsuiahasuh... depois dessa parei pra pensar, e sabe que eu realmente tenho sido dificil demais!! =O
To precisando sair pra curtir mais minha vida, mas quando eu combino num dá certo, fazer o que?! Nesse sábado combinei com uma galera de irmos ao cinema e depois irmos a uma balada, maaaas quem disse que o povo apareceu?? To puta até hoje com eles! Apareceu só um que chegou depois que as sessões do cinema já tinham começado a no mínimo uns 10 minutos... Nem assistimos filme. Ele me deu carona até em casa e meu sábado acabou!!! Ai que coisa triste, muito triste. Toda aquela preparação pra nada!! Chega de chorar sobre o leite derramado agora né!


beijos e se cuidem galerinha!!
;D

domingo, 7 de novembro de 2010

La nuova gioventú

Gentess!!! ...Eah to viva (ahhh=/)... u.u , bem... fiquei meio distante por alguns contratempos e coisas que só acontece com o Jhoe (meupc) mas o importante é que consegui da um jeitinho apesar de ter perdido tanta coisa neah meninas, como aquele beijoh da Carol :x choquei O.O  e os friozinhos na barriga da Cris e da Pandinhah ;). Postando por email é claro, pois Jhoe continua dodói¬¬.Minha vida ultimamente ta ficando bem estranha, começa em confusões dentro da minha cabeça e termina em confusões fora da minha cabeça,desde que perdi aquela chance que eu tanto queria de 1° emprego perfeito, vivo me torturando e refletindo, como fui capaz de tamanha desventura, e como não acho uma lógica cada vez que preciso de dinheiro a tortura ainda se torna maior e maior... Outra questão que me faz parar um pouco pra pensar é o lance das minhas amizades, com isso tudo de carência to fazendo muito essa pergunta "será que tenho mesmo amigos de verdade?", amigos verdadeiros acho que tenho sim, o pior não é a questão de ter ou não amigos e sim de perder os que eu achava que eram, coisa muito tensa viu é pior do que perder a confiança de um namorado, tipo de coisa em que eu vou pensar pela minha vida toda...Falando em amizade hj eu revi uma BFF minha das antigas sabeh, é tão bom quando a gente tem amigas de verdade na infância, amigas de infância são as melhores, pq é nessa fase que não somos totalmente contaminadas com as coisas do mundo, sem maldade, orgulho, inveja; amizades na infância são verdadeiras, eu tive muita sorte em ter conhecido a Sah (Samantha), muita mesmo *-*, e mais ainda de ter conseguido manter contato novamente.
Sem mais encheções vou me despedindo por aqui com minha linda foto d'eu pequenininha :D,compensando o dia das crianças e pra lembrar dessa faseh, louca e encantada que todos nós temos saudades!!!

Pra Terminar: "A gente para de checar os monstros em baixo da nossa cama quando a gente percebe que eles estavam dentro de nós" ;D

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Acho que é isso

Não adianta se importar em agradar quem não te agrada
Não adianta discutir com quem não vale a pena, da mesma forma que não adianta brigar por algo no qual não se acredita!

A vida é cheia de coisas das quais fazemos por simples obrigação! Lutamos por ideais que não são os nossos para parecermos normais ou mantermos nossos empregos. Fingimos ser quem nao somos pra agradar quem interessa, mas dessa forma desagradamos quem importa. Vivemos em um mundo que hipervaloriza a competição e nos ensina que pra ser feliz é preciso vencer na vida. Mas o que esse mesmo mundo considera vencer na vida?

Esse mundo louco considera vencer ter um bom emprego que te rouba a maior parte do seu tempo, um bom carro que te fornece status, uma família linda e unida, mesmo que seja só aparência, talvez você perca horas no congestionamento na volta pra casa, mas isso é normal. Não entendo certas "normalidades" desse mundo. Talvez eu simplesmente não seja "normal".

No meu mundo particular vencer na vida significa ter um emprego que te permita descansar e sobreviver, ter tempo pra assistir a um por do sol, ter tempo pra um filme com a pessoa amada ou simplesmente ter tempo pra "fofocar" com os amigos. Poder presenciar o momento de uma criança, quem sabe meu filho, começando a andar, poder curtir um bom livro deitado em uma rede de vez em quando. Sabe, queria simplesmente fazer o que me deixa feliz. É, no meu mundo a felicidade não vem de "vencer na vida", vem de pequenas coisas como um abraço, uma música, um beijo, um sorriso, um momento... Talvez isso também seja vencer, mas vencer ao meu modo. Vencer meus medos, minhas angústias, vencer o tempo... O tempo, esse nosso vilão, não digo pelas rugas ou cabelos brancos que ele traz. Digo pela incerteza de nossa permanência na Terra. Pensando nele percebo como o "vencer na vida" desse mundo louco é equivocado. Como posso esperar pra ser feliz apenas quando tiver realizado todas as "obrigações", emprego bom, carrão do momento, família linda e unida, quero ser feliz agora e em todo o momento!!! Não sei quando o meu tempo irá esgotar-se.

Acho que no fim o que importa são os momentos de felicidade ao lado das pessoas de quem mais se gosta! Não tenha medo de amar, errar e se arriscar. Sei que é fácil dizer, mas bem mais difícil de cumprir. Mas quem disse que a busca pela felicidade seria fácil? ela pode ser difícil, mas com certeza vale a pena!


Crislei S. Silva

Momento desabafo.


Véspera de feriado e eu em casa. Bom, ainda não sei ao certo se vou ficar em casa... o que importa nem é isso de fato. Pai tá doente, de cama, gripado, com febre e pedindo tudo na mão. Inclusive atenção! Não que eu seja uma insensivel que é incapaz de cuidar de uma pessoa doente, looonge de mim! Sou um poço de candura e 'prestatividade' quando eu quero! Frisa o 'quando eu quero'. O que me deixa triste, pra baixo, deprimida, frustrada, depressiva ééé que: quando EU fico doente, não tem UM FILHO DE DEUS pra cuidar de mim! Eu, logo eu que sou a carência em pessoa! Eu que fico melosa, manhosa, dengosa, e todos os 'osas' que puder imaginar, quando estou doente. Ninguém pergunta se eu to bem, ninguém faz as coisas por mim, ninguém quer nem saber se eu to precisando de algo. Ai quando ele ou a Yasmin ficam ruim, vai eu pagar de mãe e cuidar dos dois. :(
Nem é reclamação das piores; é só um 'Oi, eu também tô aqui e olha, naõ sou de ferro!'
...