sábado, 16 de abril de 2011

Daica



Daica
Sexta, 15/04, 21:30

Hoje eu não estou muito legal. Minha "velhinha" - cachorra- morreu! É estranho notar que pela primeira vez em 17 anos ela não vai estar lá quando eu chegar em casa. Muitos podem dizer que é apenas um animal, mas pra mim ela foi muito mais. Foi minha amiga e companheira de infância. Como a diferença de idade entre meus irmãos e eu é grande não tive com quem brincar, não era de brincar na rua e sempre fui muito tímida. Ganhei ela quando eu tinha apenas 3 anos de idade. Foram inúmeras brincadeiras e travessuras. Confesso que na fase da adolescência acabei deixando ela de lado (coisa de aborrecente) e me arrependo disso. Posso dizer que de uns tempos pra cá me dediquei a compensar. Mas agora meu tempo com ela acabou.

Daica, sentirei sua falta minha "velhinha".

domingo, 10 de abril de 2011

Pare de procurar

Um dia você vai encontrar alguém que te lembre todos os dias que a vida é feita para ser vivida. Alguém que é perfeito de tão imperfeito. Alguém que não desista de você por mais que você tente afastá-lo. Naquele dia que você não estiver procurando por ninguém, naquele dia que você não ia sair de casa e acabou colocando a primeira roupa que viu pela frente. Quando você não estiver procurando, você vai achar aquela pessoa que faz você sentir que poderia parar de procurar.


Via VERDADE FEMININA

sábado, 9 de abril de 2011

Por onde andei..

And she will be loooved...(8)

Uma versão acústica que geralmente me dá sono e me leva a passados distantes onde o meu príncipe gostava de príncipes e eu chorava por ser a princesa que não seria resgatada.
Mais um sábado largada literalmente. O céu desabou hoje no Rio e, bem, mesmo que ele se mantivesse intacto e cintilando de estrelas provavelmente eu não colocaria minha carinha linda nem ao menos no portão. Primeiro porque não me fiz hoje, segundo porque embora a virose tenha me abandonado (graças a Deus), a cabeça hoje começou a dar sinais. Uns sinais estranhos que me fazem me sentir mais próxima da minha mãe. Tenso. Enfim... Sai cedo com papis para buscar um celular, e quando eu estava quase os colocando na minha bolsa.. ela me diz que era só no cartão. Vaca! Eu não tenho cartão, provavelmente seria uma arma na minha mão! Cometi um crime hoje sem ele, imagina se tivesse um!
Ahh e o que são os planos não é? Olhava pras roupas e imaginava em qual gostariam de me ver vestida... e pra que? Francamente, não sei porque me importo, eu não deveria.
Terminada semana de provas com alguns momentos angustiosos, como a prova de Legislação que eu tive uma dor de barriga daquelas que você é incapaz de controlar ou segurar ;x Nunca fiz uma prova tão rápido na minha vida! =P
Mas sobrevivi e com notas aceitáveis. Claro que eu gostaria de repetir o feito do semestre anterior, mas acho que eu desanimei com pessoas... em diversos ambientes, e ainda não aprendi a lidar com isso e separar da minha vida 'profissional'.
Dias correndo e a ameaça de mais uma despedida me assombra e me faz temer as decisões que eu naõ quero tomar. Só queria que fosse mais fácil. Só isso...

Sei de alguém que me ouviria ou leria minhas palavras, e mesmo sem poder ajudar, uma frase de musica ia encontrar pra me dizer as palavras certas. Pra cantar uma solução considerável, cantar algo que me acalmaria. Meus dias estão tão sem vida, tão vazios...

E continua chovendo...

Vida nova

Olá meu povo querido!

Pois é, ando meio (totalmente) desaparecida, mas é que tempo agora anda se tornando raro. Comecei a trabalhar e na faculdade cada vez mais trabalhos e problemas.
Essa semana que passou foi tenso na facul, temos um trabalho que vai durar o semestre inteiro e com um grupo definido pelo professor, dois andam pisando na bola e na segunda o bixo pegou. Um dos que pisam na bola mandou uma resposta invocada pra um dos caras do meu grupo e esse por sua vez retrucou. Na faculdade quase rolou briga e garanto que eu sei quem perderia. O que pisa na bola porque o outro é SÓ o atual vice-campeão regional (ou estadual?) de jiu-jitsu. E agora o clima no nosso grupo tá uma verdadeira porcaria!

Fora isso eu dormi no mínimo a 1 e acordei as 6 todos os dias. Quase dormi no meio do treinamento no trampo, mas superei! hsiuahsiuas.

Galera, só passei pra falar isso mesmo. Mas só pra constar ando completamente carente e aceito curriculos pra namorado!! hsuiahisua

Beijos e se cuidem!
;D

sábado, 2 de abril de 2011

Borboletas perdidas.

Eu gostaria de postar coma  frequencia com que eu costumo sumir. Mas já que não acontece, o jeito é ter breves surtos e aparecer por aqui nessas noites de chuva, virose e carência.
Peguei da minha dignissima irmã essa maldita virose que me leva ao banheiro de 5 em 5 minutos e nao me permite comer nada, além de me dar de acompanhante uma senhora dor de cabeça! Affe, fui obrigada a ficar em casa quando tinha um show que eu queria ter ido =(. O pior e todo mundo me chamando e eu não podendo ir. To com atenção de Deus e o mundo no msn, menos do namorado. É legal, geralmente quando eu preciso, ele quer dormir ou algo assim, ai as outras pessoas que passam horas e horas conversando comigo e perguntando de tempos em tempos se eu estou melhor, se tomei remedio, se nao vou dormir cedo, e outras coisas que eu gostaria que ele fizesse.
Fiquei horas tirando o atraso da matéria on-line respondendo fóruns, fazendo trabalhos e assistindo às unidades e claro printando pra usar na prova depois (6). Tentando manter a paciencia com certas coisas que me estressam profundamente no ambiente educacional. Bleh
Terminei tudo no tempo previsto.. agora to ouvindo Luan Santana... pra ver se desperta lá no fundo algo que eu costumava sentir com essas musicas. Sei lá, acho que nao estou obtendo sucesso...

Cadê minhas borboletas?...