sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Vivendo por dois

Uma grande surpresa, surpresa para mim, para minha familia, amigos, enfim uma surpresa para todos.

No momento em que descobri que agora eu seria mãe, tantas coisas começaram a passar pela minha cabeça. Será que eu seria capaz de gestar um bebê? Alimenta-lo, educa-lo, ama-lo?
Foram tantos problemas que eu sabia que iria passar, engravidar de uma cara que de longe seria alguém que eu amava, alguém que minha família nunca se quer havia visto.
Admito passou pela minha cabeça o aborto, mas não, eu não teria coragem. Seria uma covardia tirar a vida de alguém que não pediu pra estar aqui, alguém que depende de mim para ser amado e digo já o amo. Passei por cima de qualquer medo e julgamento da família por amor, pela vida do meu bebê alguém que irá me amar acima de qualquer coisa, que me trará muitos momentos de felicidade, tenho certeza disso.
Não foi fácil ouvir as coisas que ouvi de onde eu precisava de apoio, carinho, colo... Mas reconheço que tudo o que foi dito foi por amor também. Pai e mãe sempre querem o melhor aos seus filhos e apesar de qualquer coisa que eles tenham dito, sei que não foi por mal. Chorei e como chorei, mas cada lágrima tem sido transformada em amor.
É maravilhosa a sensação de sentir mãe, sentir todo seu corpo em transformação (agora tenho seios maiores rs), até as partes "ruins" da gravidez são boas, ir ao banheiro toda hora, sentir enjoo, mas também que tem uma outra vida dentro de você, sentir crescê-lo, o coração bater mas forte e sentir a todo o momento o seu sangue correr no corpo, como é maravilhoso.
Graças a Deus as coisas veem se acertando, a família já está me dando mais apoio, tenho tido um carinho muito especial do pai do meu bebê, mesmo com o jeito meio doido e distraído dele de ser, e agora posso até me arriscar em dizer que já há algum sentimento mais forte por ele que vai além de gostar, se é amor eu ainda não sei, meus sentimentos estão confusos, mas tenho esperanças de que no final tudo vai ser acertar.
Hoje agradeço por ter tido sabedoria em não ter tirado uma vida, o quanto estaria arrependida por isso é imensurável. E que eu possa daqui pra frente ter muitas coisas boas pra contar...


terça-feira, 6 de agosto de 2013

Where is the love?

Olá caro leitor!

Sabe aquele tipo de época que não dá nem gosto ler/assistir a um jornal? Parece que esta tem sido a realidade. Só tem tragédia. Filho que mata pai, mãe que joga o filho recém nascido fora. Corrupção, drogas, mortes, estupros, abandonos, crimes contra os animais! Alguém por favor para o mundo que eu quero descer.

Fora os jornais tem tudo ao nosso redor, parentes que brigam por bobagem, irmãos que não conversam, pessoas que só pensam no dinheiro. Onde vamos chegar assim? (ou seria aonde??)

Tanta gente passando por cima dos outros para crescer, tanta hipocrisia! Que só me vem a mente aquela música do Black Eyed Peas: Where is the Love??

 

What's wrong with the world, mama?
People living like they ain't got no mamas
I think the whole world addicted to the drama
Only attracted to things that'll bring you trauma

Overseas, yeah, we try to stop terrorism
But we still got terrorists here living
In the USA, the big CIA
The Bloods and The Crips and the KKK

But if you only have love for your own race
Then you only leave space to discriminate
And to discriminate only generates hate
And when you hate then you're bound to get irate, yeah

Badness is what you demonstrate
And that's exactly how anger works and operates
Man, you gotta have love just to set it straight
Take control of your mind and meditate
Let your soul gravitate to the love, y'all, y'all

People killing, people dying
Children hurt and you hear them crying
Can you practice what you preach?
And would you turn the other cheek?

Father, Father, Father, help us
Send some guidance from above
'Cause people got me, got me questioning:
Where's the love? (Love)

Where's the love? (The love)
Where's the love? (The love)
Where's the love, the love, the love?

It just ain't the same
Always in change
New days are strange
Is the world insane?

If love and peace is so strong
Why are there pieces of love that don't belong?
Nations dropping bombs
Chemical gasses filling lungs of little ones
With ongoing suffering as the youth die young

So ask yourself:
Is the loving really gone?
So I could ask myself:
Really what is going wrong?

In this world that we living in
People keep on giving in
Making wrong decisions
Only visions of them dividends

Not respecting each other
Deny the brother
A war is going on
But the reason's undercover

The truth is kept secret
It's swept under the rug
If you never know truth
Then you never know love

Where's the love, y'all, come on
(I don't know)
Where's the truth, y'all, come on
(I don't know)
Where's the love, y'all

People killing, people dying
Children hurt and you hear them crying
Can you practice what you preach?
And would you turn the other cheek?

Father, Father, Father, help us
Send some guidance from above
'Cause people got me, got me questioning:
Where's the love? (Love)

Where's the love? (The love)
Where's the love? (The love)
Where's the love?
The love, the love

I feel the weight of the world on my shoulders
As I'm getting older, y'all, people gets colder
Most of us only care about money making
Selfishness got us following our wrong direction

Wrong information always shown by the media
Negative images is the main criteria
Infecting the young minds faster than bacteria
Kids wanna act like what they see in the cinema

Yo', whatever happened to the values of humanity
Whatever happened to the fairness in equality
Instead in spreading love we spreading animosity
Lack of understanding, leading lives away from unity

That's the reason why sometimes I'm feeling under
That's the reason why sometimes I'm feeling down
There's no wonder why sometimes I'm feeling under
Gotta keep my faith alive till love is found
Then ask yourself...

Where's the love?
Where's the love?
Where's the love?
Where's the love?

Father, Father, Father, help us
Send some guidance from above
'Cause people got me, got me questioning:
Where's the love?

sábado, 3 de agosto de 2013

Eu juro..

Te juro amor eterno..♪